Sentinel-2, imagem compósita da Serra da Estrela em IRG

Produtos específicos

MIAEV - Mapas Intra-Anuais do Estado da Vegetação

Os MIAEV são mapas mensais que consistem na caracterização do vigor vegetativo da vegetação através de indicadores quantitativos calculados com base em imagens de satélite Sentinel-2. No SMOS optou-se por designar os diferentes MIAEV por “Verdura da Vegetação”, por se entender que é a melhor tradução de “greenness”, caraterística da vegetação que é avaliada pelos indicadores utilizados. Estes indicadores baseiam-se no índice de vegetação de diferença normalizada (NDVI).

 

MIAEV - Mapas Intra-Anuais do Estado da Vegetação
Figura 1. a 4. — Verdura da vegetação (VV) de janeiro a abril 2020. Figura 5. a 8. — Diferença mensal da verdura da vegetação (DMVV) de janeiro a abril 2020

MIAEV disponíveis:

  • Verdura da vegetação (VV) 
    Vigor atual (mensal) da vegetação
     
  • Percentil homólogo da VV (PVV)
    Vigor atual da vegetação em comparação com o histórico homólogo
     
  • Diferença mensal da VV (VVRH)
    Diferença entre o vigor atual da vegetação e o mês anterior

 

MACAT - Mapa Anual de Culturas Agrícolas Temporárias

O MACAT representa as principais culturas agrícolas temporárias observadas num ano específico dentro das áreas de agricultura temporária delimitadas na Carta de Uso e Ocupação do Solo de 2018. É um produto raster com pixels de 10 metros e periodicidade anual que representa mais de 30 culturas com base em classificação automática de imagens de satélite Sentinel-2 e outros dados auxiliares com algoritmos de Inteligência Artificial. Estão disponíveis duas edições (2020 e 2021).

Mosaico Sentinel-2 em cor verdadeira — Alvalade
Mosaico Sentinel-2 em cor verdadeira — Alvalade
MACAT2020 — Alvalade
MACAT2020 — Alvalade
CAE - Carta de Áreas Edificadas

A Carta de Áreas Edificadas representa as áreas edificadas de Portugal Continental com recurso à Base de Dados de Edifícios Residenciais Clássicos 2011-2019 do Instituto Nacional de Estatística e em classes de artificializado selecionadas da Carta de Uso e Ocupação do Solo (COS) de 2018. É um produto vetorial de polígonos e classifica as áreas edificadas em categorias segundo o número e o tipo de edifícios que incluem.

Carta de Áreas Edificadas 2018 — Silves
Carta de Áreas Edificadas 2018 — Silves
CIAE - Cartas de Interfaces de Áreas Edificadas (Estrutural e Conjuntural)

As CIAE representam a classificação das interfaces das áreas edificadas (CAE de 2018), em função da sua proximidade a manchas de coberto combustível. Existem duas CIAE: a estrutural e a conjuntural. As CIAE são produtos vetoriais de linhas e diferem nos dados e metodologia usados para avaliar o coberto combustível e definir a sua distância à interface. Na CIAE estrutural, as manchas de combustível são derivadas da COS, e na conjuntural, da COSc.

Carta estrutural de interfaces de áreas edificadas 2018 em Silves
Carta estrutural de interfaces de áreas edificadas 2018 — Silves
Carta conjuntural de interfaces de áreas edificadas 2020 em Silves
Carta conjuntural de interfaces de áreas edificadas 2020 — Silves
Última atualização: 12 de Outubro de 2022